Quando o Eterno diz: “Não!” (Dt. 3:26)

וַיִּתְעַבֵּר יהוה בִּי לְמַעַנְכֶם וְלֹא שָׁמַע אֵלָי וַיֹּאמֶר יהוה אֵלַי רַב-לָךְ–אַל-תּוֹסֶף דַּבֵּר אֵלַי עוֹד בַּדָּבָר הַזֶּה

“Porém YHWH indignou-se muito contra mim por causa de vós, e não me ouviu; antes YHWH me disse: Basta; não me fales mais deste assunto.” (Devarim/Deuteronômio 3:26)

É difícil. É doloroso. E muitas vezes nos recusamos a ouvir da primeira vez. Porém, é preciso saber ouvir um ‘não’ da parte do Eterno. Até Moshe (Moisés), o maior homem que já pisou na terra, ouviu isso do Eterno. E demonstrou humildade ao acatar essa resposta do Criador. Muitas vezes, quando pedimos algo a Ele, a resposta é afirmativa. Noutra, a resposta é negativa. Algumas religiões chegam a ensinar que podemos vencer o Eterno pela insistência, como se o Eterno fosse homem para se cansar. Todavia, esse tipo de atitude só gera tristeza, decepção e frustração. Nem todo mundo está habituado a ouvir um ‘não’. Assim como um mestre repete um ensinamento até que seu aluno o aprenda, para seu próprio bem, assim também o Eterno dirá muito mais ‘nãos’ àqueles que têm dificuldade de aceitar, de modo a ensiná-los a se sujeitarem à Sua vontade. Para poder ouvir um ‘Sim’ do Eterno, é preciso também estar pronto para aceitar um ‘Não’, pois o Eterno não aceita concorrentes em Sua soberania. Nem mesmo quando a concorrência vem do nosso próprio ego.

© 2014 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Comentários

comments