Por Toda a Eternidade (Dt. 6:5)

וְאָהַבְתָּ אֵת יהוה אֱלֹהֶיךָ בְּכָל-לְבָבְךָ וּבְכָל-נַפְשְׁךָ וּבְכָל-מְאֹדֶךָ

“Amarás, pois, ADONAY teu Elohim de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.” (Debarim/Deuteronômio 6:5)

Amar o Eterno significa tratar aquilo que diz respeito a Ele com a mesma dedicação, ou mais, do que aquilo que diz respeito a nós. Existem dois tipos de pessoas religiosas: Aquelas que almejam a recompensa vindoura, e aquelas que almejam a proximidade com o Criador. O mundo vindouro, por mais que saibamos que será absolutamente maravilhoso, não deve ser aquilo que nos motiva e nos move a nos aprofundarmos nos caminhos do Criador. A amor ao Eterno é nossa luz, que norteará nossos caminhos sempre. Quem assim procede estará com Ele por toda a eternidade.

© 5776 – Qol haTorá (www.qol-hatora.org) – Permitida a reprodução se os créditos forem mantidos.

Comentários

comments