Arquivo da tag: verdade

Quando o Eterno Fala (Is. 30:10)

אֲשֶׁר אָמְרוּ לָרֹאִים לֹא תִרְאוּ וְלַחֹזִים לֹא תֶחֱזוּ-לָנוּ נְכֹחוֹת דַּבְּרוּ-לָנוּ חֲלָקוֹת חֲזוּ מַהֲתַלּוֹת

“Que dizem aos videntes: Não vejais; e aos profetas: Não profetizeis para nós o que é reto; dizei-nos coisas aprazíveis, e vede para nós enganos.” (Yeshayahu/Isaías 30:10)

Neste trecho, Yeshayahu (Isaías) repreende o povo, porque queria ouvir apenas profecias boas e mensagens positivas. Mesmo estando em situação que exigia mudança de vida. Frequentemente é assim conosco: Desejamos apenas ouvir aquilo que nos inspira, que nos faz sentirmos bem. Porém, a verdadeira espiritualidade está muito mais naquilo que nos transforma, do que naquilo que nos motiva. Quando estudamos as Escrituras e o Eterno fala conosco, e sentimos aquela incômoda pontada na consciência, é hora de agir, e mudar, e ouvir a Sua voz. Não perca a maravilhosa oportunidade que Ele nos concede de falar conosco. Mas, para isso, não podemos tentar controlar aquilo que Ele tem para nos dizer.

© 2014 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Quando a Verdade é Pretexto (Nm. 16:3)

יִּקָּהֲלוּ עַל-מֹשֶׁה וְעַל-אַהֲרֹן, וַיֹּאמְרוּ אֲלֵהֶם רַב-לָכֶם–כִּי כָל-הָעֵדָה כֻּלָּם קְדֹשִׁים, וּבְתוֹכָם יהוה; וּמַדּוּעַ תִּתְנַשְּׂאוּ, עַל-קְהַל יהוה

“E se congregaram contra Moshe e contra Aharon, e lhes disseram: Basta-vos, pois que toda a congregação é santa, todos são santos, e YHWH está no meio deles; por que, pois, vos elevais sobre a congregação de YHWH?” (Bamidbar/Números 16:3)

A tese de QoraH (Coré), teoricamente, não estava errada: Todo Israel havia sido separado pelo Eterno, e não havia porque um homem se considerar superior ao outro. Contudo, essa tese, mesmo verdadeira, o levou à morte. Porque ele não a aplicou com objetivo de engrandecer o Eterno, mas sim de engrandecer a si próprio. Moshe (Moisés) e Aharon (Aarão) eram humildes, e jamais haviam se enaltecido acima do povo. Uma das formas de pecado mais perigosas e destrutivas é quando nos munimos de uma verdade, e a aplicamos no contexto errado, para justificar ações egocêntricas. A verdade só serve se for bem aplicada. Caso contrário, deixa de ser verdade, e se torna pretexto para o mal.

© 2014 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Verdades Amargas x Mentiras Doces (Is. 8:20)

לְתוֹרָה וְלִתְעוּדָה אִם-לֹא יֹאמְרוּ כַּדָּבָר הַזֶּה אֲשֶׁר אֵין-לוֹ שָׁחַר

“À Torah e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles.” (Yeshayahu/Isaías 8:20)

Yeshayahu (Isaías) estabelece o critério para demonstrar que profetas falavam a verdade, e quais enganavam o povo. Aqueles que traziam o povo à obediência da Torah, e que confirmavam o testemunho de que aquilo que a Torah dizia sobre a desobediência iria mesmo acontecer, esses eram os que traziam a verdade. A verdade não está nas mensagens água com açúcar ou politicamente corretas, mas sim naquilo que nos conduz à obediência e ao temor do Eterno. Mesmo que isso signifique lidar com uma mensagem dura, como era a advertência do próprio Yeshayahu (Isaías). Porém, mesmo a verdade amarga é preferível às mentiras doces.

© 2014 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Oposição e Resgate (Jr. 32:2)

וְאָז, חֵיל מֶלֶךְ בָּבֶל צָרִים עַל-יְרוּשָׁלִָם וְיִרְמְיָהוּ הַנָּבִיא הָיָה כָלוּא בַּחֲצַר הַמַּטָּרָה אֲשֶׁר בֵּית-מֶלֶךְ יְהוּדָה

“Ora, nesse tempo o exército do rei da Babilônia cercava Yerushalayim; e Yirmiyahu, o profeta, estava encerrado no pátio da guarda que estava na casa do rei de Yehudah;” (Yirmiyahu/Jeremias 32:2)

O profeta Yirmiyahu (Jeremias) se encontrava aprisionado, e estava sendo pressionado, por ter dito a verdade acerca do que o Eterno advertia o povo. Ao invés de procurar se arrepender perante o Eterno, o rei preferira agredir o mensageiro. Frequentemente, optar por ficar ao lado da verdade o (a) colocará em choque com as demais pessoas. Como alguém que se afoga e, ao se debater, agride quem lhes tenta resgatar, as pessoas muitas vezes se tornam agressivas e até mesmo cruéis, quando aquilo que lhes alicerça é abalado. Fique firme e lembre-se: O Eterno só coloca nessa situação pessoas muito fortes, e muito especiais.

© 2014 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Visões Confortáveis (Ez. 13:16)

“Os profetas de Israel, que profetizam acerca de Yerushalayim, e vêem para ela visão de paz, não havendo paz, diz o Adonai YHWH.” (Yechezkel/Ezequiel 13:16)

Se havia profetas que tinham visão de paz, é porque havia quem quisesse ouvir tais visões, uma vez que o próprio Eterno diz que tais visões vieram dos próprios profetas, e não dEle. Quando queremos muito ouvir uma coisa, é fácil encontrar alguém disposto a dizê-la. Mas, devemos lembrar que uma boa parte das vezes em que os profetas se dirigiram ao povo de Israel, foi para dizer coisas que nosso povo não queria ouvir. Às vezes, a verdade que nos liberta está nas palavras mais amargas.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Verdade Dolorosa (1 Rs. 13:33)

“Nem depois destas coisas deixou Yarovam o seu mau caminho; antes, de todo o povo, tornou a constituir sacerdotes dos lugares altos; e a qualquer que queria consagrava sacerdote dos lugares altos.” (Melachim Alef/1 Reis 13:33)

Há pessoas que rejeitam a verdade mesmo sendo repetidamente expostas a elas. Porque aceitar uma verdade dolorosa frequentemente implica em ter que deixar de lado o medo e o orgulho e ser capaz de se abrir para uma mudança. Esteja sensível aos sinais que o Eterno te dá, e não se deixe iludir por si próprio.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.