Arquivo da tag: novidade

Quando Passou da Hora (Rt. 4:16)

וַתִּקַּח נָעֳמִי אֶת-הַיֶּלֶד וַתְּשִׁתֵהוּ בְחֵיקָהּ, וַתְּהִי-לוֹ לְאֹמֶנֶת

“E Naomi tomou o filho, e o pôs no seu colo, e foi sua ama.” (Ruth 4:16)

Naomi já era viúva e de idade quando o filho de sua nora nasceu. Ela agora embarcaria numa nova aventura, de ser ama do avô daquele que viria a ser um dos maiores reis de Israel. As viúvas sem filhos na sociedade israelitas eram aquelas que estavam nas condições mais deploráveis possíveis, ainda mais quando eram de idade. E ainda assim, sua jornada com o Eterno estava apenas começando! Assim também foi com muitos outros no Tanakh (Bíblia Hebraica), começando suas aventuras em idade avançada. O ser humano frequentemente tende a não confiar no Eterno quando acha que passou a hora ou a oportunidade. No entanto, o Eterno frequentemente só está começando. Ele renova e surpreende a cada momento. Porém, para isso, é preciso sacudir a poeira e parar de achar que o tempo passou. O Eterno nunca desiste de nós, porém respeita aquele que, em seu livre arbítrio, desistiu de tentar. Deixar a estagnação, portanto, só depende de você desejar.

© 5776 – Qol haTorá (www.qol-hatora.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Princípio de um Novo Ciclo (Lv. 12:3)

וּבַיּוֹם הַשְּׁמִינִי יִמּוֹל בְּשַׂר עָרְלָתוֹ

“E no dia oitavo se circuncidará ao menino a carne do seu prepúcio.” (Wayiqrá/Levítico 12:3)

O número oito na cultura semita indica o início de um novo ciclo. Para o menino, é um novo começo, como cidadão de uma aliança nacional. Mas não é o único. A vida está repleta de ciclos, e de novos começos. A cada novo começo, experimentamos a oportunidade de um relacionamento diferente com o Criador. Reconhecer os novos começos é fundamental. É preciso sabedoria para reconhecer o fim de um ciclo, e o começo de uma nova jornada. Não devemos temer novas jornadas, pois elas têm por objetivo o nosso aprimoramento. Assim como para o menino recém-inserido na aliança, novas jornadas estão repletas de novas oportunidades, se estivermos dispostos a encarar os novos desafios.

© 5776 – Qol haTorá (www.qol-hatora.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.