Arquivo da tag: cura

Amor e Cura (Lv. 19:18)

לֹא-תִקֹּם וְלֹא-תִטֹּר אֶת-בְּנֵי עַמֶּךָ וְאָהַבְתָּ לְרֵעֲךָ כָּמוֹךָ אֲנִי יהוה

“Não te vingarás nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou ADONAY.” (Wayiqrá/Levítico 19:18)

A Torá aqui enfatiza o amor. No hebraico original, entende-se isso não como sentimento, mas como uma prática de solidariedade e de solicitude para com o próximo. Embora não controlemos nossas emoções, agir dessa maneira, buscando o bem do próximo é o melhor antídoto contra a raiva, a tristeza e a mágoa. Ao nos focarmos na necessidade do próximo, deixamos nossas dores de lado. E, com isso, começamos a trilhar o caminho na direção da cura.

© 5776 – Qol haTorá (www.qol-hatora.org) – Permitida a reprodução se os créditos forem mantidos.

Feridas Profundas (Sl. 52:4)

הַוּוֹת תַּחְשֹׁב לְשׁוֹנֶךָ; כְּתַעַר מְלֻטָּשׁ עֹשֵׂה רְמִיָּה
“A tua língua intenta o mal, como uma navalha amolada, traçando enganos.” (Tehilim/Salmos 52:4)

De todas as possíveis formas de se ferir um ser humano, a ferida através da língua permanece como uma das mais profundas. Mesmo a pessoa de aparência mais durona oculta, às vezes até de si mesma, a dor que sente de uma ferida pela língua. Algumas delas podem permanecer abertas por toda a vida. Outras cauterizam com o tempo, mas a área afetada permanece frágil. Lembre-se disso ao buscar ter domínio sobre sua língua: Ela pode ferir muito mais do que uma agressão. O homem que domina a língua é capaz de se transformar. Deixa a posição de agressor, e tem potencial para se tornar um curador.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.