Arquivo da tag: caridade

Progredindo no Amor (Dt. 15:3)

אֶת-הַנָּכְרִי תִּגֹּשׂ וַאֲשֶׁר יִהְיֶה לְךָ אֶת-אָחִיךָ תַּשְׁמֵט יָדֶךָ

“Do estrangeiro o exigirás; mas o que tiveres em poder de teu irmão a tua mão o remitirá.” (Debharim/Deuteronômio 15:3)

Destruir aquilo que pertencia a outros deuses indica algo importante: Tudo aquilo que ameaçava a posição do Eterno enquanto soberano sobre o povo de Israel deveria ser eliminado, pois o Eterno só reina sobre nossas vidas quando de forma absoluta. De forma análoga, o Eterno só reinará sobre nossas vidas se aceitarmos que Ele tenha total e absoluta exclusividade. Não pode haver áreas em que deixemos o Eterno de fora, pois quem reinaria ao lado dEle? A total submissão ao Criador é a primeira chave para um relacionamento saudável com Ele.

© 5775 – Qol haTorah (www.qol-hatora.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Alegria Coletiva (Et. 9:22)

כַּיָּמִים אֲשֶׁר-נָחוּ בָהֶם הַיְּהוּדִים מֵאֹיְבֵיהֶם וְהַחֹדֶשׁ אֲשֶׁר נֶהְפַּךְ לָהֶם מִיָּגוֹן לְשִׂמְחָה וּמֵאֵבֶל לְיוֹם טוֹב לַעֲשׂוֹת אוֹתָם יְמֵי מִשְׁתֶּה וְשִׂמְחָה וּמִשְׁלֹחַ מָנוֹת אִישׁ לְרֵעֵהוּ וּמַתָּנוֹת לָאֶבְיֹנִים
“Como os dias em que os judeus tiveram repouso dos seus inimigos, e o mês que se lhes mudou de tristeza em alegria, e de luto em dia de festa, para que os fizessem dias de banquetes e de alegria, e de mandarem presentes uns aos outros, e dádivas aos pobres.” (Meguilah/Ester 9:22)

Mais do que gastar com banquetes, em Purim devemos nos esforçar para darmos bons presentes aos pobres. Isso nos ensina uma preciosa lição de humanidade: Como poderíamos considerar esta uma festa alegre, se não pudéssemos alegrar o coração dos menos favorecidos? Uma festa só é alegre se ela o é para todos, e não para um seleto grupo de algumas pessoas. A melhor maneira de expressar a coletividade da Torah é de forma humanitária, ajudando a quem precisa. Não há alegria maior do que esta debaixo do sol.

© 2014 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.