Arquivo da tag: agressão

Oposição e Resgate (Jr. 32:2)

וְאָז, חֵיל מֶלֶךְ בָּבֶל צָרִים עַל-יְרוּשָׁלִָם וְיִרְמְיָהוּ הַנָּבִיא הָיָה כָלוּא בַּחֲצַר הַמַּטָּרָה אֲשֶׁר בֵּית-מֶלֶךְ יְהוּדָה

“Ora, nesse tempo o exército do rei da Babilônia cercava Yerushalayim; e Yirmiyahu, o profeta, estava encerrado no pátio da guarda que estava na casa do rei de Yehudah;” (Yirmiyahu/Jeremias 32:2)

O profeta Yirmiyahu (Jeremias) se encontrava aprisionado, e estava sendo pressionado, por ter dito a verdade acerca do que o Eterno advertia o povo. Ao invés de procurar se arrepender perante o Eterno, o rei preferira agredir o mensageiro. Frequentemente, optar por ficar ao lado da verdade o (a) colocará em choque com as demais pessoas. Como alguém que se afoga e, ao se debater, agride quem lhes tenta resgatar, as pessoas muitas vezes se tornam agressivas e até mesmo cruéis, quando aquilo que lhes alicerça é abalado. Fique firme e lembre-se: O Eterno só coloca nessa situação pessoas muito fortes, e muito especiais.

© 2014 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

A Dor da Ingratidão (Ex. 17:4)

וַיִּצְעַק מֹשֶׁה אֶל-יְהוָה לֵאמֹר מָה אֶעֱשֶׂה לָעָם הַזֶּה; עוֹד מְעַט וּסְקָלֻנִי

““E clamou Moshe a YHWH, dizendo: Que farei a este povo? Daqui a pouco me apedrejará.” (Shemot/Êxodo 17:4)

Uma das coisas mais dolorosas que existem é fazer o bem, e em troca receber agressões. Chega a chocar quando lemos que, depois de tudo que Moshe (Moisés) fez, o povo estava prestes a apedrejá-lo. Infelizmente, nem sempre o bem que praticamos é recebido da forma que desejamos. Assim como ocorreu com Moshe (Moisés), porém, que lutou até o fim de sua vida para nos ensinar a vivermos uma vida íntegra, assim também isso não deve nos desanimar de fazermos o bem e vivermos em integridade. No fim, o Eterno conhece todas as coisas.

© 2014 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Consolo ou Agressão? (Jó 15:11)

הַמְעַט מִמְּךָ תַּנְחוּמוֹת אֵל וְדָבָר לָאַט עִמָּךְם

“Porventura fazes pouco caso das consolações de El, e da suave palavra que te dirigimos?” (Iyov/Jó 15:11)

É curioso como as duras palavras que Elifaz dirige a Iyov (Jó) são percebidas pelo primeiro como consolação suave. Há pessoas que acreditam que se for “para o bem”, vale até mesmo agredir o próximo, ou que não medem a mão ao oferecer um remédio amargo. É importante lembrarmos da dor que sentimos quando estamos por baixo, para que não sejamos injustos nem exagerados ao oferecermos consolo àqueles que necessitam de apoio. Mesmo uma exortação pode ser verdadeiramente doce.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.