Arquivo da tag: adversidade

Diante de Nós (Sl. 17:8)

שִׁוִּיתִי יְהוָה לְנֶגְדִּי תָמִיד כִּי מִימִינִי, בַּל-אֶמּוֹט.
“Tenho posto YHWH continuamente diante de mim; por isso que ele está à minha mão direita, nunca vacilarei.” (Tehilim/Salmos 17:8)

Assim como a arca ia adiante do povo na conquista das batalhas, assim o salmista se refere ao Eterno adiante dele, continuamente. A vida é um constante exercício de estabelecimento de prioridades. Priorizar o Eterno, e um relacionamento saudável e contínuo com Ele, é mais do que apenas uma obrigação. É questão de bom-senso. Quando o Eterno está adiante de nós, nada precisamos temer. Ele aplaina os nossos caminhos, e nos livra dos tropeços.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Proximidade (Especial Selichot)

“Apaguei as tuas transgressões como a névoa, e os teus pecados como a nuvem; torna-te para Mim, porque Eu te remi.” (Yeshayahu/Isaías 44:22)

A maior razão pela qual o Eterno apaga nossas transgressões é porque Ele nos ama, e não quer que estejamos afastados dEle. Todas as vezes que escolhemos andar por caminhos tortuosos, Ele sofre. Ele sofre e pranteia, porque Seus filhos estão longe. Não há transgressão que seja maior do que o desejo dEle de estar novamente perto do Seu povo.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Excesso de Confiança (Is. 20:6)

“Então os moradores desta ilha dirão naquele dia: Vede que tal é a nossa esperança, à qual fugimos por socorro, para nos livrarmos da face do rei da Assíria! Como pois escaparemos nós?” (Yeshayahu/Isaías 20:6)

É comum que, a exemplo do ocorrido na profecia, confiemos em pessoas que, em uma hora de adversidade, são incapazes de nos auxiliar. Se isso ocorrer com você, não se desespere. Talvez, novamente a exemplo do ocorrido na profecia, o Eterno esteja tentando te ensinar uma valiosa lição: Confiar somente nEle, e buscar a Ele nas horas de angústia. Pois o excesso de confiança em uma pessoa pode ser uma forma sutil de idolatria.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Reprodução permitida, se a fonte for citada.

Desgraça e Redenção (Ez. 6:9)

“Então os que dentre vós escaparem se lembrarão de Mim entre as nações para onde forem levados em cativeiro, quando eu lhes tiver quebrantado o coração corrompido, que se desviou de mim, e cegado os seus olhos, que se vão corrompendo após os seus ídolos; e terão nojo de si mesmos, por causa das maldades que fizeram em todas as suas abominações.” (Yechezkel/Ezequiel 6:9)

O maior adversário do povo judeu em toda a história não foi Hitler. Sua maior desgraça não foram nem a Inquisição, nem as Cruzadas. Seu principal algoz da atualidade não são os filhos de Ishmael. Apesar do fato de que nenhum dos acima está isento de responsabilidade por seus crimes, a maior desgraça que assolou não apenas o povo de Israel como a humanidade é a idolatria. A idolatria significa a ruptura total e completa com o Criador dos céus e a terra, num ato de rebeldia onde a criatura se assume sozinha. E, como tal, é relegada à própria sorte. Só seremos capazes de apressar o tempo da Gueulah (Redenção) se formos ferrenhos opositores da idolatria, e se fizermos a nossa parte para trazer ao mundo a revelação do Criador dos céus e da terra.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Boas Companhias (Sl. 101:6)

“Os meus olhos estarão sobre os fiéis da terra, para que se assentem comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá.” (Tehilim/Salmos 101:6)

David se preocupava em se certificar de que aqueles que o acompanhavam, tanto em sua vida pessoal quanto em seu governo, eram pessoas íntegras, que buscavam viver uma vida reta diante de Elohim. As companhias que estabelecemos para nós podem ser decisivas para os resultados de nossas experiências. David sabia que, quando passasse por alguma dificuldade, ou quando tropeçasse, estaria cercado de pessoas de coração nobre. Quem será que estará ao nosso lado, quando a vida nos trouxer tropeços e dificuldades? Esteja preparado, cercando-se de boas companhias.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.