A Dificuldade da Morte (Is. 25:8)

בִּלַּע הַמָּוֶת לָנֶצַח וּמָחָה אֲדֹנָי יהוה דִּמְעָה מֵעַל כָּל-פָּנִים וְחֶרְפַּת עַמּוֹ יָסִיר מֵעַל כָּל-הָאָרֶץ–כִּי יהוה דִּבֵּר

“Aniquilará a morte para sempre, e assim enxugará Adonay YHWH as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra; porque YHWH o disse.” (Yeshayahu/Isaías 25:8)

A morte pode ser algo extremamente doloroso, pois tem aparência de uma perda irreparável. Mesmo com descobertas científicas que relativizam o tempo e o espaço, e que indicam que a morte não é o que pensamos, ainda assim é difícil nos consolar. Quis o Eterno que um véu separasse os vivos dos mortos, e que não tivéssemos acesso à realidade de quem partiu, seja ela qual for. Isso nos angustia. Um dia, contudo, as profecias dizem: Tudo fará sentido, o véu será erguido e não mais teremos que lidar com esse desconhecimento. Porém, até lá, é preciso confiar no Criador, e entender que se Ele assim o fez, é por uma boa causa. Tudo na natureza foi criado com um propósito cuidadosamente orquestrado, inclusive a transição desta existência para a próxima.

© 2014 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Comentários

comments