Prosperidade Decorrente (Jó 1:1)

אִישׁ הָיָה בְאֶרֶץ-עוּץ אִיּוֹב שְׁמוֹ וְהָיָה הָאִישׁ הַהוּא תָּם וְיָשָׁר וִירֵא אֱלֹהִים–וְסָר מֵרָע

“Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Iyobh; e era este homem íntegro, reto e temente a Elohim e desviava-se do mal.” (Iyobh/Jó 1:1)

O livro de Iyobh (Jó) começa de maneira intrigante. Antes mesmo de narrar que Iyobh tinha muitas posses e uma vida próspera, o texto bíblico afirma que ele era íntegro e reto diante do Criador. Essa é uma inversão proposital. Enquanto o ser humano olha para a abundância e julga que determinada pessoa está agradando o Eterno, a Escritura faz questão absoluta de desvincular a fidelidade de Iyobh dos seus bens materiais. Essa é uma importante lição para aqueles que tentam barganhar com o Eterno, prometendo fidelidade caso sejam abençoados. Iyobh, contudo, não era íntegro porque era abençoado, mas sim era abençoado por ser íntegro. Sua integridade vinha pelo reconhecimento do Criador, e não movido pelo desejo de ser beneficiado. É importante que nossa conduta sempre seja assim: Servindo e sendo grato, independentemente do que o Eterno irá nos prover. Aquele que consegue chegar nesse caminho não precisará implorar bênçãos, pois elas decorrerão naturalmente.

© 5776 – Qol haTorá (www.qol-hatora.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Comentários

comments