Entre o Amor e o Ódio (Pv. 10:12)

שִׂנְאָה תְּעֹרֵר מְדָנִים וְעַל כָּל-פְּשָׁעִים תְּכַסֶּה אַהֲבָה

“O ódio excita contendas, mas o amor cobre todos os pecados.” (Mishlê/Provérbios 10:12)

A religião de uma pessoa é como um motor, que pode impulsionar a vida para as mais impressionantes transformações. Porém, como todo motor, carece de um combustível. Há pessoas que não movidas por um profundo amor e desejo de servir o Criador e o próximo. Há outras que são movidas pela sua própria inclinação ao mal, encontrando prazer no ódio e na contenda. Se o amor pode nos impulsionar numa jornada cujo fim é o mundo vindouro e seu deleite, o ódio só levará à destruição. E o primeiro a ser destruído é aquele que primeiro odiou. Todo homem carrega em si amor e ódio. Porém, aquilo que ele alimenta é o que impulsionará sua vida. Se o amor, para ser luz do Criador na terra. Se o ódio, destruirá muitas vidas até chegar na sua própria. Escolha, portanto, agir em amorosidade, e subjugar todo ódio infundado.

© 5776 – Qol haTorá (www.qol-hatora.org) – Permitida a reprodução se os créditos forem mantidos.

Comentários

comments