Arquivo da categoria: Neḇi’im

Retribuição (1 Rs. 15:4)

“Mas, por amor de David, YHWH seu Elohim lhe deu uma lâmpada em Yerushalayim, levantando a seu filho depois dele, e confirmando a Yerushalayim.” (Melachim Alef/1 Reis 15:4)

Há um intervalo de quase cinquenta anos entre o reinado de David, e o reinado de Assa, aqui referenciado. Não há quem saiba retribuir atos de bondade e retidão melhor do que o Eterno! Temos a tendência de enxergar apenas o futuro mais imediato, mas às vezes um gesto simples de retidão hoje pode influenciar o nosso futuro, ou até mesmo o destino de nossos descendentes. Aproxime-de do Eterno, e Ele cuidará de você por toda a sua vida. Ande em amor e temor a Ele, e Ele nunca se esquecerá de você.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Espaços (1 Rs. 8:10)

“E sucedeu que, saindo os cohanim do santuário, uma nuvem encheu a casa de YHWH.” (Melachim Alef/1 Reis 8:10)

A presença do Eterno não ocupou o espaço do Beit HaMikdash (Templo) antes que os cohanim (sacerdotes) dele saíssem. Muitas vezes, o Eterno só ocupa espaços que quando nós nos ausentamos deles. Se você não sente que o Eterno está presente numa determinada área da sua vida, será que o espaço não está preenchido pelas suas expectativas, pelos seus valores pessoais, ou pelo seu desejo? Experimente deixar o espaço vago, para que Ele possa ocupá-lo.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Pedidos (1 Rs. 9:4)

“E se tu andares perante mim como andou David, teu pai, com inteireza de coração e com sinceridade, para fazeres segundo tudo o que te mandei, e guardares os meus estatutos e os meus juízos.” (Melachim Alef/1 Reis 9:4)

Muitos pedidos são encontrados nas Escrituras. Alguns mais altruístas, como o de Shlomo (Salomão) que desejava honrar a YHWH; outros mais pessoais, como um filho, ou uma cura. Mas, é comum à maioria dos pedidos observar que YHWH sempre condiciona a b’rachá (bênção) à obediência. Mesmo sendo Ele infinitamente misericordioso, a via que Ele estabelece conosco é de mão dupla. Você, que tem buscado de YHWH uma resposta de oração, está pronto para fazer a sua parte? Um relacionamento de mão única é um relacionamento egoísta, e só levará à destruição.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Distorção de Valores (Is. 5:20)

“Ai daqueles que dizem que o mal é bem, e que o bem é mal; que apresentam as trevas como se fossem luz, e luz como se fossem trevas; que apresentam o amargo como se fosse doce e o doce como se fosse amargo.” (Yeshayahu/Isaías 5:20)

Uma das maiores abominações descritas nas Escrituras é a perversão do juízo, aqui representada pelo chamar ao mal de bem, e ao bem de mal. Cada vez mais, as pessoas procuram redefinir conceitos para poder justificar suas ações. Tentam fazer parecer que a simples escolha entre o bem e o mal é complexa. É preciso ter cuidado: Será que a escolha é mesmo complexa, ou será que nossos corações buscam perverter o juízo?

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Orgulho (Jr. 13:15)

“Escutai e dai ouvidos, e não sejais orgulhosos, pois YHWH falou.” (Yirmiyahu/Jeremias 13:15) 

YHWH adverte o povo de Israel para deixar de lado o orgulho, pois o orgulho pode fazer com que o homem deixe de ouvir a palavra que adverte contra a destruição. Há duas formas de deixarmos de ser orgulhosos: Pode ser por meio da nossa conscientização, ou pode ser sofrendo uma humilhação providencial. É preciso lembrar que nada somos perante o Rei do Universo, e assim termos a humildade de reconhecer que Ele sabe o que é melhor para nós.

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.

Tempo de Preparo (Os. 10:12)

“Semeai para vós justiça, e colhei segundo a benevolência; arai para vós uma lavoura, e é tempo de buscar a YHWH, até que Ele venha e vos instrua em justiça.” (Hoshea/Oséias 10:12)

Se permitirmos, a angústia pelo pecado, pelo exílio e pela idolatria pode nos consumir, e nos levar a uma perplexidade que pode nos paralisar. O que fazer, diante dessa situação? Se permitirmos nos dominar por esse sentimento, perderemos a oportunidade de fazer uma das obras mais importantes jamais feitas na história de Israel: A de semear a justiça. Talvez não venhamos a ver a colheita, mas isso não nos exime dos esforços do plantio, pois esta é a tarefa de nossa geração, até que venha a Gueulá (Redenção).

© 2013 – Kol haTorah (www.kol-hatorah.org) – Proibida a reprodução sem consentimento prévio.